segunda-feira, 16 de maio de 2016

O advogado Anderson Sá de Oliveira foi preso na manhã desta segunda feira (16), no centro de Itabuna. Ele é acusado de associação ao tráfico, lavagem de dinheiro e ligação a organização criminosa (comando vermelho do Rio de Janeiro). Documento foram apreendidos no escritório do acusado. O mandado de prisão foi expedido pela justiça carioca, através do Ministério Público. Os agentes da polícia civil deram apoio a operação deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas), comandado pela promotora Lolita Lessa, de Salvador. A prisão, inicialmente, será de 30 dias. A OAB Itabuna presta apoio jurídico ao advogado.
rbn

0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.