sábado, 4 de junho de 2016


O presidente do Sindirod (Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário de Ilhéus), Gustavo Santana, confirmou hoje (3), que a categoria rejeitou a proposta de 5,5% de reposição salarial e 20% para o tíquete de alimentação, que é de R$ 261 por mês. Os trabalhadores querem 9.28% para repor a perda do poder aquisitivo com a inflação acumulada desde maio de 2015. Para o tíquete, que consideram mais defasado, pedem aumento de 14.60%. De acordo com Gustavo, caso as reivindicações não sejam atendidas pelas empresas Viametro e São Miguel, as ruas de Ilhéus não terão nenhum ônibus do transporte coletivo a partir do primeiro minuto desse sábado (4).

0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.