terça-feira, 17 de outubro de 2017

Após informações de que envolvidos em assaltos a ônibus estariam escondidos no distrito de Castelo Novo, em Ilhéus, foi iniciada a Operação Castelo de Areia, que contou com guarnições do Peto 70, Rotam, Pelotão Teotônio Vilela e Cipa/Ilhéus. A polícia cercou a casa e, durante a diligência, foi recebida a tiros pelos bandidos, que revidou a injusta agressão atingindo um dos meliantes, identificado pelo prenome de Matheus, que foi socorrido para o Hospital Regional, porém veio a óbito. Em continuidade a diligência os policiais prenderam em flagrante Joelton de Jesus Jovita, o menor M.S.S., Ivanildo de Jesus Santos e Andreza Santos Reis. Após novas informações as guarnições deslocaram para o distrito de Itariri, onde chegaram a uma casa encontrando Alessandra Pinto e Silva, que estava com uma certa quantidade de maconha e crack. Em outro barraco os militares encontraram José Carlos Santos de Oliveira e o menor T.S.A. Com eles foi encontrado um arma artesanal e alguns aparelhos celulares, estes, posteriormente, reconhecidos por vítimas do assalto do ônibus da empresa São Miguel. Com a quadrilha a polícia encontrou 1 espingarda calibre 36, Bereta calibre 6.35 e 40 munições, uma arma de fabricação artesanal, simulacro de pistola .40, simulacro de pistola 380, três balanças de precisão, 1,5 kg de maconha, munição calibre 12, 28 pedras de crack, 14 pinos de cocaína, 9 buchas de maconhas, 8 aparelhos celular, 1 tablete e 1 binóculo. Todos os suspeitos e o material apreendido, foram apresentados no plantão da 7ª Coorpin, para registro de boletim de ocorrência sob o n° 17-05800 e 17-05801. (Fábio Roberto)


0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.