terça-feira, 30 de maio de 2017

A Primeira Câmara Criminal – Segunda Turma do Tribunal de Justiça da Bahia negou, na tarde desta terça(30),   o Habeas Corpus impetrado pelo vereador Jamil Ocké, preso na Operação Citrus.
Com a decisão  unanime  dos Desembargadores.

soemilheus


0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.