terça-feira, 21 de março de 2017


A Câmara de Vereadores de Ilhéus vem a público informar que na manhã 
desta terça-feira (21) houve mandado de busca e apreensão de documentos 
licitatórios, das gestões do ano de 2009 a 2016,  em decorrência da 
“Operação Citrus”,   realizada pela 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus.

O presidente Lukas Paiva salienta que vem colaborando com a ação do 
Ministério Público, acompanhando e prestando todas as informações 
necessárias.

Paiva esclarece que a operação nada tem a ver com sua gestão que foi 
iniciada em janeiro de 2017, que preza pela transparência e legalidade 
total de administrar.


0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.