Justiça multa eleitor por divulgar pesquisa eleitoral falsa

Um homem foi condenado a pagar uma multa de R$ 53.205,00 (cinquenta e três mil, duzentos e cinco reais) por ter divulgado uma pesquisa eleitoral sem registro. A sentença saiu após um compartilhamento via Facebook, onde mostrava uma pesquisa entre candidatos a prefeito do município de Fátima, no nordeste da Bahia. A publicação afirmava que o candidato “Binho de Alfredo” tinha vantagem nos votos eleitorais, contra outro candidato “Sorria”. O partido que pediu a condenação na justiça, alega que a pesquisa é considerada falsa. Já o réu, está firme em sua defesa dizendo desconhecer a publicação e chegou a afirmar que algum “hacker” invadiu sua página na internet e viralizou a publicação. Porém, a justiça entendeu que as provas apresentadas pelo réu são insuficientes. O caso segue sendo julgado pela comarca do município.
rbn

COMPARTILHAR:
← Anterior Proxima  → Página inicial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Contra-Cheque

Contra-Cheque
Prefeitura de Ilhéus

Segurança Publica

TJ-BA

Correios

COELBA

EMBASA