sábado, 20 de agosto de 2016

A Secretaria de Saúde de Ilhéus, visando prevenir e controlar a cegueira, realiza de 22 a 27 deste mês e de 19 a 24 de setembro, o Programa Municipal de Cirurgia de Catarata, que também tem como finalidade identificar outras patologias, a exemplo de glaucoma, retinopatia e oclusões arteriais do usuário cadastrado nos projetos Hiperdia e Saúde do Idoso, O público alvo são pessoas com idade a partir de 60 e acuidade visual inferior a 0.4, que residam em Ilhéus e em outros municípios pactuados. A triagem para o atendimento ocorre de 1º a 20 deste mês de agosto e de 1º a 17 de setembro.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Antonio Ocké, para ter acesso ao serviço, os pacientes devem apresentar carteira de identidade, CPF, cartão do SUS e comprovante de residência. Se constatada a doença, eles serão encaminhados para exames pré-operatórios e agendar o atendimento cirúrgico. “Os testes complementares serão agendados na própria clínica. Inclusive, o de eletrocardiograma e diagnóstico em laboratório clínico visando assim, maior efetividade para a realização cirúrgica”, disse ele.

Ocké destacou que um dos desejos da atual gestão é que os pacientes com catarata possam “ver o mundo com outros olhos”. Quem sofre da doença terá oportunidade de voltar a enxergar com o Programa Municipal de Cirurgia de Catarata, viabilizado pela Secretaria de Saúde. O objetivo é reduzir eventuais filas e facilitar o atendimento à clientela do Sistema Único de Saúde (Sus).

As cirurgias serão realizadas nas unidades credenciadas, que são o Centro de Olhos Especializados (Cenoe), situado na avenida Antonio Carlos Magalhães, 1.724, bairro Cidade Nova; Hospital de Olhos, localizado na rua Visconde de Mauá, 128, alto Teresópolis; e Clínica Oftalmosul, com sede na praça Coronel Pessoa, 89, no centro de Ilhéus. Caso seja confirmada a necessidade de cirurgia, os exames clínicos e cardiológicos serão realizados na unidade credenciada, a Clínica/Laboratório Médico Center, situada na praça Antonio Muniz, 73, centro.

A catarata é a doença mais comum a partir dos 60 anos de idade e acomete todas as pessoas, mas em graus diferentes. Entre os fatores que podem contribuir para o seu estão herança familiar, diabetes, traumas ou cirurgias oculares, medicamentos, exposição solar e dieta alimentar. O único tratamento disponível é a cirurgia para remover o cristalino que se tornou opaca e implante de lente intra-ocular. A catarata é a causa principal de cegueira no adulto, com 50% de casos. Os sintomas são percepção de luz reduzida, turvamento das cores e objetos, perda do campo visual e cegueira temporária.

Municípios pactuados – O município de Ilhéus está habilitado à condição de gestão plena do (Sus) e integra a 6ª Região Administrativa de Saúde (6ª Dires), que abrange um total de 324 mil e 629 habitantes, que além de Ilhéus, e os municípios de Arataca, Santa Luzia, Mascote, Canavieiras, Una, Uruçuca, e Itacaré.

0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.