quinta-feira, 21 de julho de 2016


O pedreiro Gildo dos Santos de 38 anos foi preso na tarde desta quarta-feira, 20 de julho, sob força de um mandado de prisão preventiva solicitado pela delegada Kátia Guimarães, titular da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher em Teixeira de Freitas. O acusado que é natural de Caravelas e mora no Liberdade II foi flagrado pela esposa quando saía do quarto da filha. A esposa dele havia saído para ir ao mercado e quando retornou encontrou Gildo em situação suspeita. A mulher entrou no quarto da filha e encontrou a menina de 12 anos vestida uma saia, sem calcinha e com esperma em uma das pernas. Gildo já havia sido denunciado em abril deste ano pelos vizinhos que desconfiaram dos abusos, na ocasião ele negou o crime. Depois de ser flagrado pela esposa nesta terça-feira, ele se preparava para fugir para o Vitória no Espírito Santo, mas foi surpreendido pela equipe da DEAM com o mandado de prisão. Em depoimento à delegada Kátia, o pedreiro confessou o crime e disse que estuprava a filha desde o ano passado. Ele foi conduzida para a 8ª Coorpin e passará por exames no Departamento de Polícia Técnica nesta quinta-feira. A vítima também será submetida a exames. 
Sul Bahia News

0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.