sexta-feira, 10 de julho de 2015

O Tenente Coronel, Gibson de Jesus Marone foi preso na manhã desta sexta-feira (10), após um mandado de prisão ter sido expedido contra ele. Segundo informações do Delegado Manuel Sousa, responsável pelo caso, o militar foi condenado a cumprir 19 anos de prisão por ter sido o mandante de um assassinato ocorrido em 22 de Dezembro de 2003. Ainda de acordo com as informações, o homicídio ocorreu na cidade de Flores, localizada no estado do Mato Grosso do Sul. A motivação para o homicídio foi uma briga ocorrida entre Bruno de Matos Marone, filho do Tenente e, a vítima identificada como Altair Cavalheiro Flores, conhecido como Neto Ferro. O Coronel contratou o policial Celso Rodrigues Romeiro para executar o crime. Após o processo ter transitado e julgado o Juiz sentenciou o Tenente Coronel a 19 anos de detenção, seu filho Bruno a 16 e o policial a 14. Gibson foi preso em Ilhéus com duas armas que possivelmente foram utilizadas no crime.

Blog do Tom


0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.