segunda-feira, 20 de abril de 2015

Dois mortos e um ferido em acidente hoje em Porto Seguro

Um acidente deixou duas pessoas mortas e uma ferida grave, por volta das 6h10 da manhã deste domingo (19), em Porto Seguro. Um carro bateu em um poste na ladeira da Avenida do Trabalhador - via que liga a orla norte ao bairro Baianão, pelo Outeiro da Glória. O impacto com o poste provocou um curto circuito na rede elétrica, que pode ter dado início ao incêndio no carro. Populares conseguiram retirar os ocupantes de dentro do veículo em meio ao fogo que se propagava muito rápido. Dois homens morreram no local e o terceiro foi levado para o Hospital Luís Eduardo Magalhães com ferimentos e queimaduras graves, de acordo com o Samu. Segundo testemunhas, o condutor descia a ladeira e perdeu o controle da direção. Até o momento, informa a polícia, só foi identificado o corpo de Reginaldo Moreira Souza, 45 anos, que era o dono do carro, mas a polícia não sabe se ele estava dirigindo. A polícia pediu que a rua fosse interditada - pois há o risco de o poste cair. Por conta do acidente, a Coelba precisou desligar a rede elétrica, deixando a região sem energia. A companhia de eletricidade ainda não informou quando o serviço será reestabelecido.

Radar64

 

PM de Itabuna morre atropelado por motorista embriagado

O policial militar João Francisco da Silva Júnior (à esquerda) morreu em acidente, por volta das 16 horas deste sábado (18), na BR-101, próximo ao acesso a Jussari. João Júnior se deslocava para trabalhar no Batalhão da PM em Porto Seguro, onde estava lotado. As primeiras informações apontam para a possibilidade de o acidente ter sido causado pelo motorista conhecido comoFunil, do veículo contra o qual a moto do policial colidiu. O carro, uma pick-up, atravessou a pista no momento em que João Júnior passava pelo trecho de acesso ao município. Funil fugiu do local, segundo informações da Polícia Rodoviária Federal. Antes de falecer, o PM foi vítima de agressões físicas por parte de Funil e outros ocupantes do veículo. A Polícia Rodoviária Federal registrou a ocorrência, fez buscas na cidade de Jussari, mas não conseguiu prender Funil, tendo em vista que a comunidade não quis delatar o elemento. A Delegacia de Polícia de Jussarí estava fechada, segundo relato de policial rodoviário, numa rede social. Formado em Economia, o policial estava há um ano e três meses na corporação, segundo a assessoria da Polícia Militar. João Júnior residia no bairro Sarinha Alcântara, em Itabuna. Colegas do policial morto no acidente fazem críticas ao comando da PM. “Já passou do momento do Estado destinar vagas para os policiais nas suas respectivas regiões”, critica um soldado. João Júnior trabalhava a 300 quilômetros da residência.

Pimenta e Una na Mídia


0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.