segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Nas primeiras horas deste domingo (23), a PM foi solicitada até o Alto do Cemitério, bairro Joaquim Romão, em Jequié, para averiguar a denúncia de um elemento que transitava armado, e após localizar o suspeito, a guarnição da PM foi recebida à tiros e revidou, vindo a balear duas pessoas, uma mulher e seu companheiro, Murilo Silva Santos (Zói), ex-presidiário, acusado de tráfico de drogas e homicídios. Murilo morreu no HGPV, enquanto sua companheira passa bem após levar um tiro no braço. Após revistarem Murilo, a guarnição encontrou um revolver calibre .38 com 5 munições deflagradas. Ele era considerado de alta periculosidade. Logo a após a ação da PM, o clima ficou tenso no Alto do Cemitério, Barro Preto, avenida Nazaré, Bela Vista e Caixa D´Água, necessitando mais uma vez, que o 19° BPM fizesse uma mega operação para conter os ânimos dos comparsas de Murilo que estavam inconformados com sua morte. Daí em diante a PM foi desafiada e mais uma vez conseguiu abater mais dois ex-presidiários, acusados por crimes como homicídios e tráfico de entorpecentes naquela localidade. Desta feita, tombaram mortos Samuel Nascimento Santos (Pai Véi) e Fernando (Boca). (Jequié Urgente).

0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.