quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

O Facebook liberou hoje para os americanos a opção que permite ao usuário escolher uma pessoa para gerenciar sua conta depois de sua morte. De acordo com a rede social, o "herdeiro virtual" poderá trocar fotos do perfil, escrever um obituário para o topo da página e - por mais estranho que pareça - administrar novas amizades. Ainda sem previsão para chegar a outros países, o novo recurso foi desenvolvido para facilitar homenagens póstumas. Até então, o Facebook permitia apenas que parentes do morto contatassem a equipe do site para congelar a conta, na forma de um memorial. O novo recurso impõe certas restrições aos herdeiros. Eles não serão capazes de editar ou remover conteúdos passados, nem ler mensagens privadas ou apagar a conta, segundo informações de uma fonte da rede social ao jornal Washington Post. Para ativar a opção, o usuário deve acessar as configurações de segurança do seu perfil. Lá é possível escolher outra conta do Facebook como herdeira ou optar para que o próprio perfil seja apagado assim que a rede social for notificada de sua morte. A medida, que pode parecer extravagante ou mórbida, é fruto de uma série de disputas judiciais nos Estados Unidos. Nos últimos anos, muitas famílias acionaram os tribunais americanos para poder acessar o Facebook de parentes e prestar homenagens ou simplesmente apagá-las da rede.

Veja


0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.