quarta-feira, 1 de março de 2017

As fortes chuvas que caíram na tarde da terça-feira, 28, causaram estragos em alguns pontos da cidade de Ilhéus. Na comunidade Alto do Coqueiro, no bairro Malhado, zona norte da cidade, parte da escadaria que dá acesso ao local desabou. No bairro Banco da Vitória, situado na Rodovia Jorge Amado (BR-415), um alagamento acabou invadindo uma residência da região. Já na Rua Café Filho, no bairro Conquista, houve deslizamento e queda de uma casa. As ocorrências não deixaram vítimas.

 

O dia 28 começou com muita chuva no município. Pluviômetros instalados na cidade registraram 60 milímetros de água no período. No caso do desabamento da escadaria no Alto do Coqueiro, a Defesa Civil do município foi acionada e notificou duas famílias com moradias comprometidas próximas ao local, orientando-as a procurar abrigo temporário em casa de amigos ou parentes, enquanto outras possíveis providências possam ser adotadas.

 

Segundo o secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Hermano Fahning, a área da escadaria já se encontra devidamente isolada, neutralizando, assim, prováveis riscos aos moradores da região. “Os demais pontos de acesso ao Alto do Coqueiro permanecem estáveis e devem ser utilizados pela população que transita no local”, completou.

 

No bairro Banco da Vitória, que teve uma casa invadida pelo acúmulo da chuva, a ação realizada pela Secretaria de Serviços Urbanos (Secsurb), controlou e drenou o alagamento, com a viabilização de redes provisórias para escoamento da água. De acordo com o secretário Jorge Cunha, “a medida emergencial para controlar o alagamento foi feita com ajuda de uma máquina retroescavadeira, deslocada para o bairro a fim de executar o serviço”.

 

Já a queda de uma residência na Rua Café Filho, no bairro Conquista, obstruiu parte da via, mas não atrapalha o trânsito na região. Duas pessoas residiam no imóvel, mas ninguém ficou ferido.

 

Defesa Civil – No caso de situações de risco, a população deve informar à Comissão Defesa Civil, através dos telefones de emergência (73) 3234-3597 e98895-8633. O órgão funciona em regime de plantão 24 horas, todos os dias da semana.


0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.