sábado, 25 de março de 2017

A juíza Emanuelle Vita, da primeira Vara Criminal de Ilhéus acatou o pedido do Ministério Público nesta sexta-feira (24) e prorrogou a prisão temporária por mais 05 dias, dos presos na operação Citrus. No final da tarde de hoje um oficial de justiça notificou a administração do presídio Ariston Cardoso, sobre a decisão judicial. A prisão temporária expedida durante a operação acabaria neste sábado (25), e os cinco presos seriam soltos imediatamente. Nesta quinta-feira (24), durante audiência de custodia a juíza Emanuelle Vita não aceitou o pedido de liberdade de cinco dos seis presos da Operação Citrus. A magistrada revogou apenas a prisão de Lucival Bomfim Roque. Continuam presos o vereador Jamil Ocke, o ex-secretário Kacio Brandão, empresário Enoch Andrade e sua esposa Thayane Santos Lopes, Wellington Andrade Novais. (Agravo)

0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.