sexta-feira, 15 de janeiro de 2016


Familiares e amigos não conseguiram visitar detentos do Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, região sul da Bahia, na manhã desta sexta-feira (15). Segundo informações do diretor adjunto do presídio, Tenente Erdens, a penitenciária recebe uma operação para cumprir mandados de prisão preventiva de outros crimes cometidos pelos detentos, por isso, não teria condições de garantir a segurança dos visitantes. De acordo com o tenente, a visita foi remanejada para a próxima segunda-feira (18) e acontece no mesmo horário, das 8h30 às 16h. “Os agentes presentes nesta sexta-feira não comportam realizar a segurança de dois eventos, por isso, foi preciso remanejar a data da visita”, explicou. Os detentos que possuem mandado de prisão preventiva estão sendo levado até a delegacia da cidade, onde irão prestar depoimento. A quantidade e o crime pelos quais eles respondem ainda não foram informada. Segundo informações do familiar de um detento, cerca de 50 pessoas foram barradas na porta do presídio, que teria não teria informado antecipadamente sobre a alteração do dia de visita. Os parentes reclamam dos gastos que tiveram com passagens para chegar até o presídio. 
G1

0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.