terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Uma mulher de 33 anos foi encontrada morta com o corpo esquartejado nos fundos da casa em que morava em Olinda, Pernambuco. A família acredita que o marido de Flávia Maria do Nascimento a matou por ciúmes. Flávio Machado de Lima, 41, não permitia que a mulher tivesse contas em nenhuma rede social e não gostou quando ela fez um perfil no Facebook. A informação é do Diário de Pernambuco.
(Foto: TV Clube/Reprodução)
O crime aconteceu na madrugada da segunda-feira, no bairro de Salgadinho. Depois de matar Flávia, o suspeito fugiu com o filho da vítima, que tem sete anos e paralisia cerebral."Ela não podia ter Facebook nem Whatsapp porque ele não deixava. Tudo que ela falava e fazia, ele rastreava e descobria", afirmou ao jornal Fernanda Nascimento, irmã da vítima.
O caso é investigado pelo Departamento e Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A polícia encontrou o corpo de Flávia em vários sacos no quintal da casa, que estava em obras. Um carrinho de mão foi achado no local e acredita-se que tenha sido usado pelo suspeito para transportar partes do corpo.
A arma do crime ainda não foi achada. Flávia teria sido morta com uma facada no abdômen, mas somente uma perícia vai confirmar. A polícia acredita que o filho de Flávia presenciou o crime.
correio

0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.