segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Um homem de 35 anos que se apresentava como pastor em balneário de Piúma, uma cidade no Sul do Espírito Santo, foi preso na última sexta-feira (13), acusado de estuprar três mulheres. Antônio Rodrigues da Silva foi reconhecido por uma das supostas vítimas.

Pastor é preso acusado de estupros em série no Espírito Santo
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

No sábado (14), uma jovem de 23 anos se apresentou à polícia alegando ter sofrido tentativa de estupro por parte do pastor. A mulher confirmou ter reconhecido Antônio após ver suas fotos divulgadas nas redes sociais.

Segundo a mãe da jovem, Abenair Maria, a vítima retornava do trabalho, em torno de 23h30 da quarta-feira (11), quando foi abordada pelo pastor debaixo de um poste com a lâmpada queimada. Armado e bastante agressivo, Antônio teria ameaçado matar a vítima caso ela corresse.

Os dois, no entanto, entraram em luta corporal e ele acabou levando apenas o celular da moça. De acordo com informações da polícia Civil de Piúma, o homem teria estuprado pelo menos três mulheres com idades entre 19 e 33 anos.

Casado e pai de três filhos, Antônio afirma ser pastor de uma igreja evangélica e trabalhar como representante comercial. Com ele, foram encontrados diversos pertences das vítimas, que o reconheceram através de uma fotografia. 

“Na delegacia ele negou tudo, disse que ele teria comprado os pertences das vítimas em uma praça da cidade. Mas, embora tenha negado, nós já reunimos provas suficientes de que ele é o autor do crime”, explicou o delegado Geraldo Pessanha, em entrevista ao jornal Folha Vitória.

iBahia.com


0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.