quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Exames foram feitos no Lacen e empresas foram acionadas para sanar problemas encontrados.
Exames foram feitos no Lacen e empresas foram acionadas para sanar problemas encontrados.
Com o intuito de garantir a segurança alimentar da população, a Secretaria de Saúde de Ilhéus, por meio da Vigilância Sanitária, realiza análise e monitoramento das indústrias de gelados comestíveis (fábricas de picolés e sorvetes) instaladas no município. O trabalho conta com a parceria do Laboratório Central Salvador – LACEN, mantido pela Secretaria de Saúde da Bahia.
Até o momento, foram realizadas fiscalizações nas empresas Bombom Sorvetes, Péricles, Sabor Gelato, Dom Palito, Flora Sorvetes, Ponto Chick e Kikabom, o que representa a totalidade dos estabelecimentos que produzem esse tipo de alimento. De acordo com a chefe do setor da Vigilância Sanitária, Cathianne Pinto as indústrias foram visitadas e a cada semana foram enviadas cinco amostras ao Lacen.
Foram analisados aspectos microbiológicos, fisico-químicas e de rotulagem. Os resultados apontaram que todos os fabricantes possuem problemas relacionados à rotulagem, como informações impressas de forma incorreta. Da mesma forma, 85% das amostras apresentaram contaminação microbiológica em pelo menos um sabor analisado, indicando a presença de coliformes fecais. Os exames não detectaram problemas físicos ou químicos nas amostras.
A coordenadora Cathianne Pinto salienta que todas as indústrias colaboraram com as análises e, após as verificações, foram notificadas e se comprometeram a identificar as fontes de contaminação, adequar a rotulagem e sanar falhas no processo de fabricação que levavam à contaminação. Pinho alerta também para que a população dispense o consumo de produtos sem procedência, evitando complicações médicas.
Agravo - com Matéria da Prefeitura Municipal de Ilhéus

0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.