sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

A conta de energia, em fevereiro, ficará R$ 3 mais cara para cada 100 quilowatt/hora (kW/h) consumido. O anúncio foi feito hoje pela Agência Nacional de Energia Elétrica, que estabeleceu que a bandeira tarifária do próximo mês seguirá vermelha, assim como foi em janeiro para todas as regiões do país.

O regime de bandeiras tarifárias foi estabelecido para que o consumidor divida a conta da geração de energia no pais, onde o  consumidor desembolsa todo mês pelo custo da geração. Dessa forma, se a força for produzida por um modelo mais caro que o hidrelétrico, como as termelétricas, por exemplo, a concessionária repassará ao cliente os custos ainda naquele mês na chamada bandeira vermelha, com ocorreu em janeiro.

As bandeiras também podem ser amarelas (reajuste menor do que o vermelho) ou verde (sem reajuste).Se for amarela paga R$ 1,50 por 100 kWh; e caso a bandeira seja verde, a fatura não sofre nenhum custo adicional. Em uma casa com consumo mensal de 200 kWh, por exemplo, se a bandeira é vermelha, a conta de energia fica R$ 6,00 mais cara. O consumo médio de uma família é de 150 kWh, o que significa que com a bandeira vermelha ela tem um acréscimo na conta de luz de R$ 4,50.

correio


0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.