quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Após investigações feitas pela Polícia Civil de Ilhéus, constatando que criminosos envolvidos com assalto a banco, roubo de veículos, e tráfico de drogas, estariam escondidos em uma casa de praia no bairro do São Miguel, litoral norte de Ilhéus, foi obtida ordem judicial para cumprimento de mandado de busca e apreensão em domicílio.

Nesta quarta-feira (18), por volta das 15h, na avenida Missael Tavares, Centro de Ilhéus, foi preso por policiais civis, com apoio da Cipe/Cacaueira, Erick Silva Torres, por estar utilizando um veículo Ford Ranger, clonado com restrição de roubo (DT de Piraí do Norte) e por estar transportando maconha. Ele foi autuado em flagrante por receptação e tráfico de drogas.

Erick já tinha sido preso em dezembro de 2015 junto com outras pessoas, acusado de participar de uma tentativa de assalto ao Bradesco, na cidade de Itagimirim-BA.

Em desdobramento da diligência, visando dar cumprimento ao mandado de busca e apreensão determinado pela 1ª Vara Crime da Comarca de Ilhéus-Ba, no imóvel situado na rua B, nº 128, do São Miguel, com apoio operacional da Cipe/Cacaueira, houve reação por parte do criminoso Remo dos Santos Brito Souza, que, de portando uma pistola, deflagrou tiros contra a equipe policial, que reagiu, vindo a atingir o agressor.

Com o meliante foi apreendida uma pistola da marca IMBEL, calibre .380, nº 41550, com um carregador com 11 onze munições calibre .380. Durante a operação, foi prestado socorro ao agressor, que foi levado ao Hospital Regional Luiz Viana Filho, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

Remo, em 23 de novembro de 2015, já tinha sido alvo de uma perseguição policial no bairro Jardim Primavera, próximo ao Colégio Militar, em Itabuna. Durante a operação, houve troca de tiros entre bandidos e a polícia. Na ocasião, uma viatura da Polícia Civil colidiu em um poste, mas nenhum policial ficou ferido. Dias depois Remo foi preso em Porto Seguro.

0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.