sexta-feira, 31 de julho de 2015

Nesta quinta-feira (30), por volta das 15h30, Jose Roberto Gonzaga Santos Júnior, que cumpria pena por roubo, desde o dia 19 deste mês, foi linchado e esganado pelos colegas de cela do Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus. A vítima estava custodiada no pavilhão 11, cela 2. Segundo informações preliminares, a motivação do crime foi uma disputa entre facções. Além da morte de José Roberto, outros presos apresentavam hematomas pelo corpo, mas negavam-se a falar sobre o assunto e não queriam atendimento médico. Os agentes penitenciários acionaram a direção do presídio, que por sua vez comunicou o fato a polícia civil e o DPT para a adoção das medidas legais.
rbn

0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.