quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Na manhã dessa quinta-feira (06), em entrevista ao Programa O Tabuleiro, o prefeito de Ilhéus Jabes Ribeiro anunciou que já ordenou corte de gastos em todas as áreas da prefeitura, a exemplo de contratos, horas extras e gratificações, com intuito de cumprir a lei de responsabilidade fiscal.

Segundo Jabes, independente de ter vencido ou perdido a eleição, ele teria que tomar essas medidas duras. Uma comissão foi criada sob o comando do secretário de administração Ricardo Machado, para preparar toda documentação para a transição de governo.

Há uma expectativa enxugamento da máquina pública com a demissão de cargos comissionados e contratados.

A prefeitura de Ilhéus possui hoje 177 cargos comissionados, incluindo agentes políticos (secretários). Os números de contratados chegam 788, divididos nas áreas da saúde (132), educação (313), e Assistência Social (343).
Agravo


0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.