sábado, 19 de março de 2016

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu, nesta sexta-feira (18), a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o cargo de ministro da Casa Civil. A decisão foi dada em caráter liminar, provisório, e deverá ser analisada futuramente pelo plenário do STF. O ministro julgou dois mandados de segurança abertos pelo PSDB e pelo PPS. O ministro do STF ainda determinou que as investigações da Lava-Jato contra ao petista continuem com o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba. Glmar Mendes já havia criticado a nomeação de Lula, na quarta-feira (16), para a Casa Civil. O ministro dizia que era uma fuga do petista para não ser investigado pela Operação Lava-Jato. A decisão acaba com o impasse de decisões divergentes nas instâncias inferiores. Lula ainda pode recorrer ao plenário do Supremo.
rbn

0 comentários:

Postar um comentário

O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.